• Língua Livre

LL #19 – Tempo e Literatura, com Rafael Mendes e Thaís Seabra

Atualizado: 9 de Dez de 2020


Ampulheta dourada em fundo acinzentado, no lugar da areia, veem-se letras embaralhadas.

Após um longo intervalo nas gravações, recebemos – remotamente, pois ainda não temos vacina – os queridos amigos professores Rafael Mendes (@canalsonoraface) e Thaís Seabra (CAp-UFRJ) e conversamos sobre a questão do tempo na literatura, como motivo ou como elemento estruturante.


>>> OUVIR NO MEGAFONO <<<

>>> OUVIR NO SPOTIFY <<<

>>> OUVIR NO APPLE PODCASTS <<<

>>> OUVIR NO GOOGLE PODCASTS <<<

>>> OUVIR NO CASTBOX <<<

>>> OUVIR NO DEEZER <<<


>>> SUMÁRIO <<<

Introdução >>> 00:00:00 a 00:13:37

Recados iniciais e apresentação dos convidados

Bloco 1 >>> 00:13:38 a 00:58:06 O tempo na poesia: do carpe diem ao pneumotórax

Bloco 2 >>> 00:58:07 a 01:27:21

O tempo na ficção: elemento estrutural da narrativa e eixo temático

Bloco 3 >>> 01:27:22 a 01:52:12

“Apesar de você, amanhã há de ser outro dia”

Recomendações e encerramento >>> 01:28:40 a 02:12:15

Leitura do poema Passagem do ano por Rafael Mendes >>> 02:12:16 a 02:16:14


>>> NOSSOS CONTATOS <<<

Site: www.lingualivre.com

Twitter: @LinguaLivre

Instagram: @lingualivrepod

Facebook: fb/lingualivrepodcast

E-mail: lingualivrepod@gmail.com


>>> PARTICIPARAM DO EPISÓDIO <<<

Rafael Mendes – Instagram: @dasmendes / @canalsonoraface / YouTube: @sonoraface

Thaís Seabra

Liliane Machado – Twitter: @LilianelMachado / Instagram: @machado.liliane

Vivian Paixão – Twitter: @vivian_paixao / Instagram: @vivianpaixao

>>> RECOMENDAÇÕES <<<

Canal Sonora Face / Instagram @canalsonoraface

RAFAEL:

Livros:Conversas sobre o tempo, de Luís Fernando Veríssimo e Luís Ventura com Arthur Dapieve (Ediouro, 2010, com reedição recente)

Elogio do ócio, de Bertrand Russel (Sextante, 2002)

Deriva, de Adriana Lisboa (Relicário, 2019)

Filmes:Sociedade dos poetas mortos, de Peter Weir (1990)

Quanto tempo o tempo tem? – de Adriana Dutra e Walter Carvalho (2015)

THAÍS:

Livros:O senhor das horas, de Autran Dourado (Rocco, 2006)

O novelário de Donga Novais, de Autran Dourado (Rocco, 1976)

Poemas da recordação e outros movimentos, de Conceição Evaristo (Malê, 2017)

Filme:Songbird, de Adam Mason (2020)

LILIANE:

Filme: Sem palavras (Um homme pressé), de Hervé Mimran (2018)

Poema: Passagem do tempo, de Carlos Drummond de Andrade (do livro A rosa do povo, 1945)

VIVIAN:

Livro:Aprendendo a viver – coletânea de epístolas de Sêneca (L&PM Pocket, 2008)

Podcast: Central PCD (Twitter: @centralpcd / Instagram: @centralpcd)


>>> CRÉDITOS <<<

Música da abertura: Banda Urgia – Literário Literal

Edição de som: Thiago Locke / Masmorra Produções (ig @masmorra.producoes)

Ilustração da capa: Vick Barbosa (ig @venvz_art)

>>> TRILHA SONORA <<<

La Cumparsita – tango composto pelo uruguaio (!) Gerardo Matos Rodriguez

Serena Assumpção, com Mariana Aydar e Gabi Guedes – Iroko (Ascenção, 2016)

Geraldo Vandré – Pra não dizer que não falei das flores (Em: Geraldo Vandré, 1979)

Caetano Veloso – Nine out of ten (Em: Transa, 1972)


>>> COMO CITAR ESTE EPISÓDIO <<<

PAIXÃO, Vivian; MACHADO, Liliane; MENDES, Rafael; LEITE, Thaís Seabra. Tempo e Literatura. Língua Livre Podcast #19, 07Dez2020. 136 min. Disponível em: https://www.lingualivre.com/post/ll_19


137 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo